Novo

Como utilizar a função Contas a Receber para organizar suas finanças

Como utilizar a função Contas a Receber para organizar suas finanças

Para que qualquer consultório ou clínica odontológica tenha uma melhor saúde financeira, é fundamental saber as receitas que irão entrar a cada mês. Ser um dentista empreendedor é muito diferente de ter um salário como colaborador, afinal a renda pode variar muito de acordo com o período. Por isso, é muito importante ter uma reserva financeira e saber exatamente os valores a serem recebidos, para que os gastos não ultrapassem as receitas.

Assim como anotar (ou colocar em um software) todas as despesas do consultório mês a mês, procure registrar os pagamentos, sejam à vista ou parcelados, que irão entrar. Para evitar problemas futuros, sempre deixe uma reserva, pois casos de inadimplência podem ser comuns. Para evitá-los, você pode enviar mensagens SMS perto da data do vencimento de faturas aos seus pacientes, por exemplo.

Contas a Receber em um software para dentistas

Utilizando um software odontológico como o Dentista Organizado, é possível registrar o valor a ser recebido de cada procedimento ou consulta, além de informações como o nome do paciente, número de parcelas, forma de pagamento e o procedimento que foi realizado. Para cadastrar esses valores a receber, basta ir à página "Contas a Receber", dentro do menu "Financeiro". Apesar de o Dentista Organizado ser um software online, podendo ser acessado de qualquer lugar, é possível também imprimir o relatório de Contas a Receber.

Contas a Receber Dentista Organizado


Nessa tela, é possível ver primeiramente os valores já recebidos e os que estão em aberto. Nos filtros acima desses valores, você pode visualizar as contas por data, status (abertas, pagas ou canceladas) e optar por ver somente as que vencem no mês atual. Abaixo dessas informações, estão os nomes dos pacientes que têm pagamentos em aberto com seu consultório, além da opção de cadastrar o pagamento e enviar um SMS para evitar inadimplências.

Caso o paciente tenha pagado, vá à opção "Pagar" e informe o valor e data do pagamento. A partir dessas informações, irão aparecer ícones ao lado da opção na coluna correspondente aos pagamentos. A figura da nota, por exemplo, representa que o pagamento foi realizado em dinheiro. Na coluna do meio, as faturas que aparecem em vermelho já passaram do vencimento, e é importante ter um controle de quais pacientes estão com dívidas abertas em seu consultório. Nesse momento, a secretária é essencial, para fazer cobranças periódicas do paciente por SMS ou outros meios de comunicação.

O software também prevê que alguns pacientes podem adiantar pagamentos, que foram divididos inicialmente em várias parcelas. Para registrar o adiantamento, clique sobre o nome do paciente. Uma lista com todos os pagamentos (concluídos ou em aberto) irá aparecer e acima estará a opção "Adicionar Adiantamento de Pagamento".

Contas a Receber Dentista Organizado


Nos pagamentos já concluídos, como mostra a imagem acima, é possível gerar um recibo para impressão. Esse documento será gerado automaticamente com as informações colocadas no software (nome do consultório, CNPJ, endereço e dados paciente e procedimento). Essa ferramenta permite maior agilidade, evitando que você (ou sua secretária) não perca tempo preenchendo diversos recibos por dia.

Comece a organizar seu consultório

Ter as informações financeiras do consultório ou clínica odontológica com apenas alguns cliques facilita muito a vida de dentistas. Como muitos procedimentos são pagos em diversas parcelas, é sempre necessário ter em mente quais estão abertas, pois isso determina que tipo de investimento poderá ser feito em determinado mês.

Para começar a registrar as contas a receber (e a pagar) de seu consultório, comece já seu teste de 30 dias no Dentista Organizado. Além do controle financeiro, você terá sua agenda na nuvem para acesso de qualquer lugar, opção de enviar SMS automático de aniversário para pacientes, entre outras funções especiais para dentistas. Faça seu cadastro!




Você precisa ler também